Social Items

Na continuação da 5ª rodada do Pernambucano, o Santa Cruz venceu o Salgueiro de virada por 2 a 1 e reassumiu a liderança do estadual, com 12 pontos. O Salgueiro é o quarto, com sete pontos.Na próxima rodada, o Santinha faz jogo contra o Central, no domingo. O Salgueiro recebe o Sport.


Logo no minuto inicial o Salgueiro abriu o placar. Willian Anicete aproveitou o erro da zaga do Santa e bateu firme, 1 a 0.
O gol colocou o Santinha no ataque e Pipico, sempre ele, conseguiu balançar a rede. O atacante driblou Daniel e chutou forte, 1 a 1.
Apesar do início agitado no Arruda, o ritmo do jogo caiu drasticamente e quase nada foi criado no decorrer da etapa inicial.

No segundo tempo a virada do Tricolor não demorou muito. Aos 8 minutos, Fabiano cruzou, a bola desviou no zagueiro e enganou o goleiro, 1 a 1.
Quando parecia que o Santinha iria construir a sua vitória sem maiores problemas, Danny Morais parou o centroavante adversário na entrada da área e foi expulso.

Com um jogador a mais, o Salgueiro partiu para cima e teve a bola do jogo na casa dos 40 minutos. Adenilson recebeu sozinho e chutou cruzado. O goleiro Maycon Cleiton se esticou e fez milagre.
Nos minutos finais, com o duelo aberto, cada time teve o direito de reclamar um pênalti que a arbitragem fez vista grossa. Terra

Santa Cruz vence o Salgueiro e reassume a liderança do Pernambucano

Na continuação da 5ª rodada do Pernambucano, o Santa Cruz venceu o Salgueiro de virada por 2 a 1 e reassumiu a liderança do estadual, com 12 pontos. O Salgueiro é o quarto, com sete pontos.Na próxima rodada, o Santinha faz jogo contra o Central, no domingo. O Salgueiro recebe o Sport.


Logo no minuto inicial o Salgueiro abriu o placar. Willian Anicete aproveitou o erro da zaga do Santa e bateu firme, 1 a 0.
O gol colocou o Santinha no ataque e Pipico, sempre ele, conseguiu balançar a rede. O atacante driblou Daniel e chutou forte, 1 a 1.
Apesar do início agitado no Arruda, o ritmo do jogo caiu drasticamente e quase nada foi criado no decorrer da etapa inicial.

No segundo tempo a virada do Tricolor não demorou muito. Aos 8 minutos, Fabiano cruzou, a bola desviou no zagueiro e enganou o goleiro, 1 a 1.
Quando parecia que o Santinha iria construir a sua vitória sem maiores problemas, Danny Morais parou o centroavante adversário na entrada da área e foi expulso.

Com um jogador a mais, o Salgueiro partiu para cima e teve a bola do jogo na casa dos 40 minutos. Adenilson recebeu sozinho e chutou cruzado. O goleiro Maycon Cleiton se esticou e fez milagre.
Nos minutos finais, com o duelo aberto, cada time teve o direito de reclamar um pênalti que a arbitragem fez vista grossa. Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários