Social Items




Terminou nesta quinta (13) a passagem de Guto Ferreira pelo Sport. Após quase um ano à frente do clube, o treinador não resistiu à eliminação para o Brusque, na última quarta (12), pela Copa do Brasil, e foi demitido do Leão, em anúncio oficial feito via rede social. Ao todo, ele comandou a equipe em 54 jogos, com 25 vitórias, 23 empates e seis derrotas - aproveitamento de 60,4%.


Contratado em fevereiro do ano passado, Guto Ferreira conquistou o título do Campeonato Pernambucano e o acesso à Série A, com o Sport terminando com o vice-campeonato da Série B 2019. Em 2020, porém, o treinador passou a ser bastante cobrado pela torcida por conta da quantidade de empates - foram seis em nove jogos. Curiosamente, até o confronto perante o Brusque, os pernambucanos ainda não haviam perdido na temporada.

Inicialmente, os dirigentes do Sport negaram que a demissão de Guto Ferreira estivesse em pauta, mas, ao longo do dia, algumas declarações do presidente do clube, Milton Bivar, mostraram que a situação do treinador estava complicada. “O que nos deixa triste é a forma que a gente saiu. Poxa, fizemos um jogo onde praticamente 80% dos atletas não jogaram o seu potencial. Achei o time um tanto quanto desarrumado, os laterais muito expostos sem proteção. Perdemos muitos gols. Não vi uma coisa legal. Não gostei do que vi”, analisou, em entrevista à Rádio Jornal, após o tropeço por 2x0 para os catarinenses.



A saída de Guto Ferreira acontece às vésperas do jogo do Sport contra o Náutico, sábado (15), nos Aflitos, pela Copa do Nordeste. César Lucena, treinador do sub-20, deve comandar o clube no Clássico dos Clássicos. Na competição, Guto deixou o time na vice-liderança do Grupo A, com cinco pontos. No Estadual, os rubro-negros estão em quinto, com sete. Folha PE

Guto Ferreira é demitido do Sport




Terminou nesta quinta (13) a passagem de Guto Ferreira pelo Sport. Após quase um ano à frente do clube, o treinador não resistiu à eliminação para o Brusque, na última quarta (12), pela Copa do Brasil, e foi demitido do Leão, em anúncio oficial feito via rede social. Ao todo, ele comandou a equipe em 54 jogos, com 25 vitórias, 23 empates e seis derrotas - aproveitamento de 60,4%.


Contratado em fevereiro do ano passado, Guto Ferreira conquistou o título do Campeonato Pernambucano e o acesso à Série A, com o Sport terminando com o vice-campeonato da Série B 2019. Em 2020, porém, o treinador passou a ser bastante cobrado pela torcida por conta da quantidade de empates - foram seis em nove jogos. Curiosamente, até o confronto perante o Brusque, os pernambucanos ainda não haviam perdido na temporada.

Inicialmente, os dirigentes do Sport negaram que a demissão de Guto Ferreira estivesse em pauta, mas, ao longo do dia, algumas declarações do presidente do clube, Milton Bivar, mostraram que a situação do treinador estava complicada. “O que nos deixa triste é a forma que a gente saiu. Poxa, fizemos um jogo onde praticamente 80% dos atletas não jogaram o seu potencial. Achei o time um tanto quanto desarrumado, os laterais muito expostos sem proteção. Perdemos muitos gols. Não vi uma coisa legal. Não gostei do que vi”, analisou, em entrevista à Rádio Jornal, após o tropeço por 2x0 para os catarinenses.



A saída de Guto Ferreira acontece às vésperas do jogo do Sport contra o Náutico, sábado (15), nos Aflitos, pela Copa do Nordeste. César Lucena, treinador do sub-20, deve comandar o clube no Clássico dos Clássicos. Na competição, Guto deixou o time na vice-liderança do Grupo A, com cinco pontos. No Estadual, os rubro-negros estão em quinto, com sete. Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários