Social Items


Uma menina de três anos morreu após ser atingida por uma bala perdida na cabeça na noite dessa quarta-feira (14), na Vila Holandesa, em Moreno, na Região Metropolitana do Recife. Segundo testemunhas, Maria Eloiza Marques da Silva estava brincando com colegas próximo a casa onde morava, quando dois homens chegaram em uma motocicleta atirando contra um rival.
Alvo dos suspeitos, Adoni da Silva Gomes, 21 anos, tentou fugir dos homens correndo para o lado onde estavam as crianças. 

Na perseguição, os suspeitos dispararam contra a vítima e um dos tiros acertou Maria Eloiza. Ela ainda foi levada para a emergência do Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, na área central do Recife, mas não resistiu ao ferimento.

Muito emocionado, o pai de Maria Eloiza, Severino da Silva, contou como foi o momento que sua filha foi atingida. "De repente, um cara veio correndo atrás do outro e baleou minha filha. Quando minha mulher olhou, minha filha estava caída no chão. Ela se desesperou, me entregou minha filha desmaiada e desmaiou também", contou. 

Investigações

Adoni da Silva foi alvejado pelos bandidos e não resistiu. Para a polícia, a motivação do crime pode ter relação com o tráfico de drogas na região. Ainda de acordo com os policiais,  as investigações seguem sob sigilo até a completa elucidação do crime, registrado como duplo homicídio pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). JC

Menina de 3 anos morre após ser atingida por bala perdida em Moreno


Uma menina de três anos morreu após ser atingida por uma bala perdida na cabeça na noite dessa quarta-feira (14), na Vila Holandesa, em Moreno, na Região Metropolitana do Recife. Segundo testemunhas, Maria Eloiza Marques da Silva estava brincando com colegas próximo a casa onde morava, quando dois homens chegaram em uma motocicleta atirando contra um rival.
Alvo dos suspeitos, Adoni da Silva Gomes, 21 anos, tentou fugir dos homens correndo para o lado onde estavam as crianças. 

Na perseguição, os suspeitos dispararam contra a vítima e um dos tiros acertou Maria Eloiza. Ela ainda foi levada para a emergência do Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, na área central do Recife, mas não resistiu ao ferimento.

Muito emocionado, o pai de Maria Eloiza, Severino da Silva, contou como foi o momento que sua filha foi atingida. "De repente, um cara veio correndo atrás do outro e baleou minha filha. Quando minha mulher olhou, minha filha estava caída no chão. Ela se desesperou, me entregou minha filha desmaiada e desmaiou também", contou. 

Investigações

Adoni da Silva foi alvejado pelos bandidos e não resistiu. Para a polícia, a motivação do crime pode ter relação com o tráfico de drogas na região. Ainda de acordo com os policiais,  as investigações seguem sob sigilo até a completa elucidação do crime, registrado como duplo homicídio pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). JC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários