Rapidinhas Política - Segunda 16/05/2019 - G7 Salgueiro

Anuncio No Post

Anuncio Aqui

Rapidinhas Política - Segunda 16/05/2019

Compartilhar

Rosário de más notícias

A fala do ministro Paulo Guedes na Comissão Mista de Orçamento do Congresso, na última 3ª feira, deixou muitos parlamentares de orelha em pé. Ele disse que o Brasil se encontra “no fundo do poço”, que está “prisioneiro da armadilha de baixo crescimento” e obrigado a pagar de juros da dívida, só este ano, R$ 445 bilhões. E que sem a reforma da previdência mergulhará no caos.

Crédito suplementar

Paulo Guedes fez um apelo aos congressistas para aprovarem o pedido de crédito suplementar no valor de R$ 248 milhões, sob pena de o governo entrar em colapso a partir do 2º semestre por falta de recursos para pagar os benefícios da previdência e o Bolsa Família. Até o mais otimista dos governistas ficou assustado com o que ouviu.

Morto vivo

Garante Adilson Gomes Filho, secretário-executivo de apoio aos municípios da Secretaria do Planejamento, que o FEM permanece forte “e levando desenvolvimento para o interior”. Caso o governador Paulo Câmara tivesse agenda disponível, disse ele, “poderia inaugurar obras do FEM, todos os dias, em todos os municípios do Estado”.       

Lei das Licitações

Relator na Câmara Federal do projeto da nova Lei de Licitações, o deputado Augusto Coutinho (SD) já concluiu o seu parecer. Se aprovado, o projeto substituirá a Lei 8.666/93, que está absolutamente superada. Uma das novidades do parecer é o “Portal Nacional de Contratações Públicas”, tornando o processo licitatório mais transparente.

Saneamento privatizado

Joaquim Levy, presidente do BNDES, acredita que ainda este ano terá início a privatização do setor de saneamento no país. A Medida Provisória que trata do assunto já foi aprovada pelo Congresso. Ele quer acabar com as estatais de saneamento dizendo que elas não têm recursos para universalizar o esgotamento sanitário nem daqui a 50 anos.

Falso preso político

Do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) na reestreia do programa “Provocações” da TV Cultura sobre o fato de o PT considerar Lula um “preso político”: “A petezada amalucada não percebe a incongruência. Se eu sou acusado falsamente e ameaçado de prisão arbitrária e política, eu iria a uma embaixada pedir asilo e denunciar. Sugeri isso”. Por Inaldo Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Anuncio No Post

Anuncio Aqui!