Mesmo capacitado, Marconis Libório, ficou no personalismo e não convenceu. - G7 Salgueiro

Anuncio No Post

Anuncio Aqui

Mesmo capacitado, Marconis Libório, ficou no personalismo e não convenceu.

Compartilhar

Diferente de seus prováveis concorrentes, o ex-prefeito Marconis Libório(PSB), conhecedor técnico - com dados - da realidade e carência de Salgueiro e do sertão, foi o entrevistado de Maurício Ribeiro no Política em Foco desta quinta(25).

"Na preferia e no interior de Salgueiro as pessoas estão preocupadas com suas realidades; emprego, esgoto e outras questões, elas não vivem política 24h", disse ele referente a primeira indagação de blogueiro. 

Disse que é um direito de Gonzaga Patriota ou qualquer outro fazer indicação política e que respeita a posição dele, qual desejou sucesso na recuperação da saúde do parlamentar.

Sobre a aproximação com Dr. Edilton Carvalho, disse que pontuações e escolhas para 2020 ficam para o segundo tempo; acrescentou que é momento de reflexões e pautas positivas para cidade.

Sobre George Arraes, disse que o mesmo vem desenvolvendo um bom trabalho, porém defende a política de idéias e de tese, respondendo a mais uma pergunta.

Disse que o prefeito Clebel Cordeiro deve parar de se preocupar com política e direcionar seu mandato para amenizar o sofrimento do povo, referindo-se ao não cumprimento de promessas eleitoral.

Marconis Libório, falou das dificuldades em que vive prefeituras e estados, criticou a reforma da previdência, economia e o presidente Bolsonaro, mas poupou a negligência do governo do estado para o sertão central, como também a corrupção do PT que quebrou o Brasil, orquestrada pelo ex-presidente Lula e equipe, herança deixada com quase 13 milhões de desempregados.

O ponto forte da entrevista ocorreu nos 49 minutos do 2º tempo, quando um ouvinte questionou o "Nanismo de Salgueiro", quando tanto se arrecadou, contestando a competência do ex-prefeito e ao desenvolvimento/melhoramento na cidade, segundo o ouvinte, não vista e nem sentida pela comunidade; como também ao seu comportamento autoritarista temperamental negativo explícito, quando em exercício.

Sobre a afirmação do ouvinte, Marconis o contrariou, disse que a visão dele não reflete à realidade, acrescentou que isso é democracia.

Mesmo com os altos e baixos do PSB no município, é inegável a preparação, o conhecimento e a capacidade administrativa de Marconis Libório, motivo da migração, tipo "Manada Africana", rumo à oposição; provocada pela deficiência na comunicação dos feitos, inflacionando o descontentamento da atual gestão.

Mesmo com a intenção de redirecionamento ou ajustamento eleitoral, percebe-se que, até agora, nenhum dos entrevistados com interesse ao cargo do executivo Salgueirense, apresentou, se quer, algo convincente de planejamento com conteúdo realista de resolutividade em qualquer pasta que, despertasse o merecimento do que lhe interessa. 

Ou não sabe fazê-lo? E se sabe, porque não faz? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Anuncio No Post

Anuncio Aqui!