Menu Social: Salgueiro sem paixão, 30 anos de vaidade vulgar


Os péssimos resultados da política para o crescimento econômico de Salgueiro nos últimos trina anos, está distante da vontade de DEUS e das ações dos agentes públicos secundários.

Periodicamente (quatro em quatro anos), sempre é apresentada uma falsa vocação política que, até hoje(2018) é verbalizada, até entre aliados que, cada um(líder) se ausentou da objetidade e buscou seus fins particulares políticos, rejeitando e transferindo o foco para 'o próximo'.

A sensação de poder, a falta de ética e de paixão pela causa(vaidade vulgar), tornaram nossas lideranças cegas para o senso de responsabilidade do crescimento e para a proporção das causas e efeitos.

As adversidades de trinta anos atrás se juntarão as próximas, para que sejam enfrentadas sob a coragem e a determinação de um novo e justo líder que surgirá; livre, verdadeiro e de frente para o futuro. 

Por: Antonio L. Silva

Proxima
Anterior
Click here for Comments

0 comentários:

Comentários