G7 Fique por Dentro: Rapidinhas - Quarta-Feira 10/10/2018 - G7 Salgueiro

Post Top Ad

Responsive Ads Here

G7 Fique por Dentro: Rapidinhas - Quarta-Feira 10/10/2018

Share This

Primeiro erro de Haddad
O primeiro ato de Fernando Haddad após o primeiro turno da eleição foi visitar Lula na cadeia. Isso deu pretexto a Bolsonaro para chama-lo de “fantoche” do ex-presidente dizendo que se ele porventura for eleito no próximo dia 27 será um pau mandado de um presidiário. A declaração teve aderência no Congresso.

Causas da queda > O deputado reeleito Daniel Coelho (PPS) disse ontem no Recife que o PT perdeu o apoio de vastos segmentos da opinião pública por três motivos: não reconheceu que houve corrupção nos governos do Partido, chamou o impeachment de Dilma de golpe e diz que Lula é preso político.

A distância > Embora esteja na Câmara Federal há vários anos, o deputado reeleito Augusto Coutinho (SD) confessa que nunca teve aproximação com Bolsonaro que se encontra lá há 28 anos. Diz que ele é um político de pouco relacionamento na Casa embora já tenha garantido hoje o apoio de 300 parlamentares ao seu eventual futuro governo.

A elegância > Registre-se a elegância com que o senador Armando Monteiro (PTB) reconheceu a derrota para Paulo Câmara. Não culpou ninguém pela derrota, limitando-se a dizer que a oposição caiu de pé e continuará fiscalizando o governo a partir de 2019. 

A queda > Todos os deputados e estaduais reeleitos em Pernambuco tiveram queda em suas votações. Cleiton Collins (PP), que obteve mais de 200 mil votos em 2014 foi reeleito com apenas 106 mil, embora tivesse um guia eleitoral próprio no rádio e na televisão. 

A dificuldade > Será difícil para o senador eleito Jarbas Vasconcelos (MDB) tomar partido neste segundo turno da eleição presidencial. Quem o conhece acha que ele não apoiará Haddad nem Bolsonaro. Por Inaldo Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages