Sport perde de virada para o Corinthians por 2x1 - G7 Salgueiro

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Sport perde de virada para o Corinthians por 2x1

Share This

De virada, com gol no final e perdendo seu principal jogador por lesão. A noite deste domingo (16) do Sport foi amarga, daquelas que deixa o torcedor rubro-negro preocupado com o futuro. Não foi desta vez que o clube conseguiu deixar a zona de rebaixamento da Série A. Diante do Corinthians, o Leão abriu o placar, mas cedeu dois gols, perdendo por 2x1, em Itaquera. O resultado manteve os pernambucanos em 19º, com 24 pontos.  Segundo os matemáticos, a equipe precisará alcançar mais 21 dos próximos 39 em disputa para fugir da queda. Tarefa cada vez mais árdua para o técnico Eduardo Baptista resolver.

Logos nos primeiros minutos, os zagueiros Léo Ortiz e Durval perceberam que não teriam vida fácil. O Corinthians insistiu nas bolas esticadas nas costas da marcação. Tanto por cima como por baixo, os paulistas tiveram facilidade em quebrar a linha adversária. Em um dos lances, Jadson cruzou na medida para Roger finalizar com perigo ao gol de Magrão.

Com Jair e Marcão fechando os espaços no meio, o Sport diminuiu os sustos e passou a explorar principalmente o lado esquerdo de ataque. Aos 21, Sander cruzou para Hernane. O centroavante sofreu um empurrão de Henrique na área. O lance não passou despercebido do árbitro Rodrigo D’Aloson. Pênalti assinalado que o próprio Hernane cobrou para abrir o placar.

A tática da marcação alta funcionou nos minutos finais do primeiro tempo. Jadson, Clayson e Romero encontraram mais dificuldade para furar a retranca pernambucana. O único bom momento dos mandantes veio com Douglas, em chute de fora da área que Magrão operou um milagre de mão trocada. Em um lance sem bola, Hernane sofreu um empurrão de Léo Santos e deslocou o ombro, sendo substituído por Matheus Peixoto.

A pressão do Corinthians no segundo tempo já era esperada. A tentativa dos cruzamentos buscando Roger, também. Mas o conhecimento não foi o suficiente. Ninguém marcou Jadson na entrada da área e, quando a bola sobrou para o meia, ele bateu com consciência para empatar o confronto.

Minutos depois, o Sport teve por duas vezes o grito de gol preso na garganta. Por poucos centímetros, os chutes de Morato e Neto Moura não terminaram no fundo das redes. Lances que fizeram falta no final. Aos 43, Danilo Avelar aproveitou cabeçada de Romero e, livre de marcação, fuzilou a meta de Magrão para decretar a virada corintiana e afundar o Sport ainda mais no Z4. Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages