G7 Política: Marília Arraes está fora da disputa pelo Governo do Estado - G7 Salgueiro

Post Top Ad

Responsive Ads Here

G7 Política: Marília Arraes está fora da disputa pelo Governo do Estado

Share This

A vereadora recifense Marília Arraes (PT) foi informada por telefone pela presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, após reunião do Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE), nesta terça-feira (31), em Brasília, de que não será mais candidata ao Governo de Pernambuco.
O PT decidiu aceitar a proposta de apoio do PSB em 11 estados. 

Nesta quarta-feira (1), haverá a reunião da Executiva Nacional petista para referendar o acordo no Estado. Na quinta-feira (2), será a vez da executiva estadual realizar sua reunião. Já o Diretório nacional do PT marcou seu encontro para sexta-feira. Finalmente, no próximo sábado (3), em São Paulo, o partido deverá lançar a candidatura do ex-presidente Lula – preso desde 7 de abril – durante a convenção. 

O senador Humberto Costa (PT) deve ocupar uma das vagas ao Senado na chapa que tenta reeleger o governador Paulo Câmara . A outra é do deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB), crítico ferrenho do PT e do ex-presidente Lula. 

A neutralidade nacional do PSB possibilitaria arranjos locais em Pernambuco, e na desistência da candidatura de Márcio Lacerda (PSB) ao governo de Minas Gerais. A vereadora enfrentou resistência dentro do próprio partido desde o ano passado, quando evidenciou o desejo de ser a candidata ao governo. O grupo capitaneado pelo senador Humberto Costa (PT), argumentando a importância do PSB no contexto nacional diante da situação do ex-presidente Lula, preso em Curitiba, defendeu a aliança com Paulo Câmara. 

Em 2014, Paulo Câmara apoiou, no segundo turno, o senador Aécio Neves (PSDB) para a Presidência da República e também se posicionou de maneira favorável ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Os aliados de Marília vão insistir para que o encontro estadual seja realizado nesta quinta. "Reitero a importância do respeito ao encontro como instância partidária", disse a deputada estadual Tereza Leitão (PT).

A decisão do PT já teria sido comunicada ao governador Paulo Câmara. Por meio da secretaria de imprensa, ele afirmou que não iria se pronunciar sobre o assunto. Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages