Anuncios!

Image and video hosting by TinyPic
Postagens
recent

G7 Salgueiro: Clebel contrariou ordem judicial e nos causou enorme prejuízo, afirmam ex funcionários da Emsa


Ex funcionários da Emsa acusam o prefeito de Salgueiro-PE, Clebel Cordeiro, de não ter acatado a ordem judicial, descontando os impostos municipais, contrariando o que havia determinado o Juiz da 6ª Vara, Drº Adalberto Ellpy Barreto Neto.

"Mesmo sabendo que os 1.639 ex funcionários estavam sem receber salários e verbas rescisórias à quatro meses, Clebel Cordeiro contribuiu para "diminuição do dinheiro" que, "nós já prejudicados", estamos a receber" disseram.

"Como prefeitura não houve mobilização de apoio para com a situação e cobranças junto a empresa e ou ao Ministério da Integração para que fossem agilizados os recebimentos; nossas conquistas ocorreram via manifestações e partiram de "nós funcionários" que passamos cinco dias e noite debaixo de sol, chuva e por fim firmamos a metade do recebimento do montante", acrescentaram.

De acordo com os ex funcionários, o prefeito quando soube do alinhamento e "sucesso dos esforços", aproveitou-se da ocasião indo ao Ministério da Integração para demonstrar o que nunca ofertou, "apoio", e com o objetivo único de conseguir os valores dos impostos, contrariando a lei, "ordem judicial".

 
Os ex funcionários da Emsa iriam receber R$ 7.688.182.54 e, segundo eles, depois que o prefeito descumpriu a ordem judicial receberão R$ 6.898.183.73 causando-lhes um enorme prejuízo.

Os governos federal e estadual foram obedientes e não contrariaram à justiça.

Os valores acima revelados - R$ 6.898.183.73" - estão anexados ao processo para expedição e liberação. 

Da Redação do G7 Salgueiro
Tecnologia do Blogger.