G7 Fique por Dentro: Rapidinhas - Terça-Feira 15/05/2018 - G7 Salgueiro

Post Top Ad

Responsive Ads Here

G7 Fique por Dentro: Rapidinhas - Terça-Feira 15/05/2018

Share This

Desinteresse majoritário

Mendonça Filho (DEM), Bruno Araújo (PSDB) e Fernando Filho (DEM) deixaram os ministérios da Educação, Cidades e Minas e Energia, respectivamente, sem serem contaminados pelo desgaste do presidente Temer. Mas nenhum dos três manifesta interesse pela disputa de um cargo majoritário, embora estejam entre os melhores quadros que a oposição tem. 

A hora é agora

Tadeu Alencar (PSB) considera um “equívoco” as esquerdas pouparem Bolsonaro (PSL) de críticas achando que ele é o melhor candidato para ser enfrentado no 2º turno. Diz que ele tem que começar a ser “desconstituído”, agora, por se tratar de um político “primitivo, sem qualificação, sem conteúdo, e sem compromisso com a democracia”.


E as outras?

Documento secreto da CIA divulgado no Brasil, na semana passada, revela que foram assassinadas nos órgãos de repressão, em SP, durante a ditadura militar, 104 pessoas, mas só se sabe o nome de duas: Vladimir Herzorg e Manoel Fiel Filho. Faltam os nomes das outras.


Perfil ideal

Roberto Magalhães, ex-prefeito do Recife e ex-governador, que ainda não tem candidato a presidente da República, gostaria que o sucessor de Temer fosse alguém com o mesmo perfil de FHC, mas aí é querer demais. Segundo o ex-senador Darcy Ribeiro (PDT-RJ), num país de “elites atrasadas” como o nosso, ter FHC como presidente “é um luxo”.

Aqui, não!

Pegou mal para a diretoria do Clube dos Oficiais ter cedido sua sede na Avenida João de Barros, para um ato político que teria a presença da vereadora Marília Arraes (PT), e depois voltado atrás sob a alegação de que se trataria de “campanha eleitoral antecipada”. A negativa não terá efeito algum porque reunião dessa natureza pode ser feita em qualquer lugar.



Crítica em versos

Um poeta do Pajeú deu de presente ao deputado Álvaro Porto (PTB) uma música com críticas pesadas ao governo Paulo Câmara. Diz entre outras coisas que o PSB ajudou a tirar Dilma do cargo para Temer assumir, e agora, “no desespero”, está “atrás do PT”.  Por Inaldo Sampaio

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages