G7 Esportes: O time do Salgueiro vai entrar sob pressão neste domingo (29), contra o Globo-RN, pela 3ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. - G7 Salgueiro

Post Top Ad

Responsive Ads Here

G7 Esportes: O time do Salgueiro vai entrar sob pressão neste domingo (29), contra o Globo-RN, pela 3ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Share This

Na estreia do técnico Paulo César Gusmão à beira do campo, que de última hora perdeu o meia Carlinhos Paraíba, acometido de uma virose, o Santa Cruz deixou a desejar e não saiu do empate sem gols contra o ABC/RN, neste sábado (28), na Arena de Pernambuco, pela terceira rodada da Série C. O tropeço diante da torcida não tira a invencibilidade dos tricolores no Brasileiro - uma vitória e dois empates (cinco pontos), que voltam a enfrentar os potiguares na próxima terça-feira, dia 1º de maio, no estádio Frasqueirão, mas desta vez pela partida de ida das quartas de final da Copa do Nordeste.



Pouca técnica, mas muita transpiração dos pernambucanos e dos potiguares. A disposição de sobra dos jogadores não foi transformada em gol. Mesmo com oportunidades raras no primeiro tempo, se tivesse que ter um vencedor na etapa seria o ABC/RN, que explorou as jogadas pelo lado do campo, principalmente pela direita, e chegou ao ataque com mais perigo. Sem poder de criação, os tricolores encontraram dificuldades para armar as investidas e praticamente não assustaram a meta do goleiro Rodrigo. 

Já nos minutos finais da etapa inicial, o ritmo da partida acelerou ainda mais e quase que a bola estufou as redes. Pelo lado dos visitantes, o meia Higor Leite e o atacante Leandrão desperdiçaram boas chances, enquanto no último lance o lateral-direito tricolor, Vítor, também errou a pontaria após um contra-ataque puxado pelo atacante Fabinho Alves.

Com problemas no setor de armação, o técnico Paulo César Gusmão não pensou duas vezes e promoveu uma mudança no intervalo: Giovani saiu para a entrada de Arthur Rezende, que não atuava há mais de um mês e foi desfalque por quatro jogos seguidos. Apesar da alteração do Santa, o script da partida seguiu o mesmo do primeiro tempo, com os alvinegros mais lúcidos e tomando a iniciativa. O cansaço bateu nas duas equipes, que diminuíram o ritmo. 

O desgaste deixou o confronto em aberto. As bolas paradas podiam fazer a diferença. Já nos minutos finais, o meia Arthur Rezende cobrou uma falta com perfeição no travessão do goleiro Rodrigo, que contou com a sorte. Por fim, o atacante Matheus Carvalho invadiu a área e finalizou na rede pelo lado de fora. A partida terminou 0x0 e com muitas vaias da torcida coral. Folha PE

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages