G7 Cedro: Prefeito Antonio Leite processa vereadora Marly Quental por calúnia e difamação - G7 Salgueiro

Post Top Ad

Responsive Ads Here

G7 Cedro: Prefeito Antonio Leite processa vereadora Marly Quental por calúnia e difamação

Share This

A Vereadora Marly Quental (PSB) amarga mais duas ações em seu desfavor na vara única da comarca de Serrita. Dessa vez, a parlamentar foi acusada dos crimes de injúria e difamação em queixas-crime movida pelo prefeito do Cedro, Antônio Leite (PR). O gestor acusa a vereadora de praticar ataques pessoais contra a sua pessoa e protocolar denúncias sem fundamentos jurídicos com o objetivo de macular a sua honra e imagem perante a população do município. 

Um dos processos se refere a um episódio de outubro do ano passado, ocasião em que Marly Quental acusou o prefeito de improbidade administrativa, alegando que ele teria se utilizado dos serviços do procurador do Município, Dr. Ronilson Almeida, em causas particulares. Os advogados de Antonio Leite explicaram na queixa-crime que a sua defesa em causas jurídicas é feita desde 2012 por um escritório particular de advocacia sediado em Serrita, não existindo nenhuma relação com os serviços da procuradoria municipal.

O outro processo se refere a declarações dadas pela parlamentar em alguns blogs da região em setembro de 2017, quando Marly acusou o prefeito de favorecer o vereador José Galvão em processos licitatórios. Na queixa-crime os advogados do prefeito afirmaram que Marly Quental orquestra uma série de acusações “fantasiosas, absurdas e infundadas” apenas com o objetivo de desmoralizar o prefeito. 

“O papel de uma vereadora não se resume a levantar acusações falsas com o objetivo de confundir a opinião pública”, disse o prefeito Antonio Leite ao Cedro Online. O gestor não poupou críticas a Marly Quental. “Tenho certeza que os seus eleitores não estão satisfeitos com a sua postura. Ao invés de perder tempo com denúncias mentirosas, a vereadora deveria se esforçar para honrar a confiança do seu povo", salientou. O prefeito completou afirmando que irá responder  a todas as acusações, que ele classifica como mentirosas, com processos. "Para cada mentira, um processo. É como eu já havia dito", frisou. 



Em seu segundo mandato como vereadora, Marly enfrenta várias ações movidas na comarca de Serrita. Recentemente o Vereador José Galvão (PR) e o Secretário Estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, acusaram a vereadora dos crimes de calúnia e difamação. Quental ainda enfrenta denúncia por agressão verbal a funcionária da Câmara. A maioria dos processos encontram-se em fase conclusa, aguardando decisão do Juiz. Em caso de condenações, a vereadora pode cumprir detenção com base no código penal ou pagar multas por danos morais.  Via Cedro Online


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages